Dia do Índio e a nossa velha cara de tacho

Hoje é Dia do Índio. A data comemorativa foi criada em 1940, no 1º Congresso Indigenista Interamericano, no México, e adotada pelo Brasil em 1943, por Decreto do presidente Getúlio Vargas.
indiopturar
São índios, do ponto de vista do pt e da folha de SP… Mas só.
Desde 1944 o País celebra o Dia com solenidades, atividades educacionais e divulgação da cultura indígena. Mas, como em tudo na vida, banalizaram, também, a questão indígena.
Hoje o foco é a utilização dos silvícolas para se tirar vantagem. Alguns, como trampolim para o poder. Outros, para ganhos milionários, como são os casos das instituições estrangeiras na exploração das riquezas naturais.
E não faltam as repentinas mutações, também visando o lucro fácil. Temos índios das mais diversas estirpes. Índios negros, loiros, ruivos, barbados. Um festival de cores e gênero humano, que vai muito além daqueles povos encontrados aqui na época do descobrimento. E nós aqui, com a velha cara de tacho vendo nossas riquezas e nossa cultura escoarem pelo ralo da sem-vergonhice humana. COMENTÁRIO – 19.04.2006

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s