Ondas de calor intenso, seca prolongada… nada é por acaso

Publicado em 18/10/2015 10.59h no BlogdoJua

HAARP, sistema de manipulação da ionosfera, capaz de alterar o clima e de provocar catástrofes, está presente no Maranhão. Substituiu a Base de Alcântara, onde ataque terrorista dos EEUU assassinou cientistas e destruiu o a capacidade brasileira de produção e lançamento de satélites

biblialSem título

As ondas de calor e seca que atingem, sobretudo, os quatro principais centros populacionais, econômicos e financeiros do Brasil, Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo, podem não ser manifestações climáticas naturais e, sim, fenômenos causados pelo homem. Mais especificamente, pelo poder mundial baseado nos EEUU.

Nada a ver com desmatamento ou coisas do gênero, mas experiências macabras dos EEUU por meio do projeto H.A.A.R.P. (High Frequency Active Auroral Research Program) em português, “Programa de Investigação de Aurora Ativa de Alta Frequência”.

Os condutores do programa esforçam-se para fazer-nos crer, via mídia comprometida e venal, tratar-se de mais uma teoria da conspiração, no intuito de desacreditar todas as informações a respeito. Mas os fatos falam por si e derrubam qualquer tentativa de desacreditar as denúncias.

Terremotos, tsunami, secas, enchentes, calor…

https://depatavium.files.wordpress.com/2018/12/825f2-haarp2B2B2528132529.jpg?w=270&h=186

Esse assunto já foi tratado por este Blogdojua.com e também repercutido em todo o mundo pelos meios de comunicação alternativos, sobretudo blogs.

A parafernália, que começou no Alasca, EEUU, em 1993, é capaz de manipular o tempo, causando fenômenos catastróficos como o violento Tsunami na Ásia, que dizimou milhares de vidas ou terremotos, como os devastadores ocorridos no Haiti e no Chile, em 2012. Clique para ler a respeito sobre o Haiti e sobre o Chile.

Este ano a Sérvia enfrentou o mais duro verão registrado em sua história. Temperaturas superiores a 40º por longos períodos, chegando a 60º em determinados locais, causando grandes danos, físicos e materiais. Embora frio, mas com verões quentes, temperaturas a 40º eram esporádicas e apenas por um ou dois dias. Desta feira, foram longas semanas.

 

Da terra para a ionosfera – HAARP

 

Coincidentemente, isso ocorre dias depois da instalação no país de mais um sistema de antenas do H.A.A.R.P., a poucos quilômetros da capital Belgrado. Isso gerou protestos e manifestações públicas, mas o governo de lá vendeu o país por 1,8 bilhão de dólares para a entrega, bem ao estilo dos desgovernos do Brasil. Ver adiante.

O interessante é que o sistema H.A.A.R.P. tem como base os princípios de Nicolas Tesla, o maior cientista da história, que o governo dos EEUU matou e roubou os projetos em 1943. Foram concebidos, inicialmente, para levar energia de graça para as pessoas. Isso contrariou os grandes empresários que o isolaram até a morte e, depois, em conluio com o desgoverno, roubaram os seus estudos e inventos. Agora, para o mal.

Sistema roubado de Nikolas Tesla, assassinado pelo poder dos EEUU.

https://depatavium.files.wordpress.com/2018/12/0eba2-tesla2Ba.png?w=756

A espinha dorsal do projeto HAARP são 12 patentes baseadas no mesmo princípio desenvolvido por sérvio Tesla nos anos de 1920, a transmissão sem fios de informação e energia em grandes distâncias. 

Segundo relatos oficiais, o projeto tem como objetivo principal ampliar o conhecimento sobre as propriedades físicas e elétricas da ionosfera terrestre. Com isso, seria possível melhorar o funcionamento de vários sistemas de comunicação e navegação, tanto civis quanto militares (o que gera desconfiança em grande parte dos conhecedores do HAARP).

Na verdade, para as versões não comprometidas com o poder, a parafernália tem como meta estimular e processos de controle na ionosfera, que faz parte da atmosfera da Terra, a uma altitude de 50 a 80 km, e contém uma grande quantidade de íons (partículas eletricamente carregadas) resultantes da ação do vento solar e de grande influência sobre a propagação das ondas eletromagnéticas. 

https://depatavium.files.wordpress.com/2018/12/09688-haarp2B03-25255B3-25255D19-300x201.jpg?w=300&h=201
HAARP, fechando o cerco global. Guerra de domínio

Com isso, torna-se possível a manipulação das frequências desses fenômenos e o desvio de seus reflexos, com uma infinidade de impactos ao meio ambiente e, também, sob a consciência mental, causadas pelo clima e por suas alterações.

A manipulação da frequência das placas tectônicas teria causado as catástrofes como as citadas na Ásia, Haiti, Chile, entre tantas outras. Pela interferência na ionosfera por meio das antenas do HAARP é possível, também, gerar alterações climáticas, como secas dizimadoras entre tantas outras catástrofes. O intuito, fazer as populações curvarem-se à vontade do poder. Diretamente ou indiretamente, como domínios territoriais, no caso do Brasil, da Amazônia.

Em resumo, HAARP é um colossal forno de microondas, cuja radiação pode ser dirigida a qualquer ponto do mundo, causando uma série de desastres naturais (inundações, terremotos, tsunamis, calor, secas etc.), e vários artificiais desastres (comunicação via rádio dirigida a grandes áreas, em navegação por satélite precisão, “Radar cego” capaz de provocar uma rede de acidente, como em gasodutos e oleodutos etc.).

HAARP no Brasil

https://depatavium.files.wordpress.com/2018/12/0710b-haarp2Bge002-25255B5-25255D4-300x148.jpg?w=300&h=148
Base do HAARP no Maranhão, Brasil, após a destruição da Base de Alcântara

Na surdina e quase que secretamente, o HAARP tem uma de suas bases no Brasil. Especificamente no Maranhão. Na capital São Luiz e a 32 quilômetros da Base de Alcântara, destruída em 2003 por explosões misteriosas que mataram 21 dos mais importantes cientistas brasileiros. A base nunca mais funcionou.

Por outra dessas incríveis coincidências, a base foi destruída, e continua assim, três dias antes do lançamento, do foguete brasileiro VLS-1 V03, cujo objetivo da missão, nomeada Operação São Luís, era colocar o microssatélite meteorológico SATEC do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais e o nanosatélite UNOSAT da Universidade do Norte do Paraná em órbita circular equatorial a 750 km de altitude, e que tentava resistir às fortes pressões dos EEUU que barram de todas as formas o desenvolvimento tecnológico do Brasil, sobretudo relacionado a foguetes.

Até hoje o atentado continua um mistério para as autoridades, embora nós, comuns mortais, temos informações de sobra para indicar, dedo em riste, os sabotadores e criminosos: os EEUU.

https://depatavium.files.wordpress.com/2018/12/571c2-golload2B252892529.jpg?w=319&h=158
Simulação do suspeitíssimo ‘acidente’ fatal com avião da Gol

Um ano antes do atentado criminoso, o coronel do Exército, Roberto Monteiro de Oliveira, Oficial do Estado Maior e ex-chefe do SNI, fez uma “premonição”: “o projeto brasileiro de enviar um satélite ao espaço será sabotado”. Em seu depoimento, feito em agosto de 2002, o coronel revelou que na época havia um plano para implantar uma base norte-americana no Brasil — o que ameaçava gravemente a soberania. Ou seja, o HAARP.

Assassinatos de cientistas e destruição da Base de Alcântara com aval de fhc

https://depatavium.files.wordpress.com/2018/12/341b3-alcantara2Bnload2B252892529.jpg?w=259&h=194
Explosões e assassinatos em Alcântara destruíram os projetos brasileiros. Depois, veio o HAARP.

O serviçal, pau mandado, entreguista, traidor alcunhado fhc, colaborou vergonho- samente com os EEUU e, mais uma vez, traiu o País e seu povo, facilitando as coisas para o inimigo. Alcântara e as vidas se foram, estabeleceu-se a base estadunidense do HAARP – O depoimento do Coronel está neste link. Clique aqui para ouvir.

As denúncias, posteriormente, foram confirmadas por meio de documentos expostos a público pelo site Wikileaks, comprovando mais esta aleivosa deslealdade de fernando henrique cardoso, o Calabar do século 20. Clique aqui para ler.

Os desgovernos que sucederam o Silvério dos Reis da modernidade nada fizeram a respeito. Mesmo porque estão lá por comprometeram-se a entregar o resto, rastejando aos pés de seus patrões do Norte.

“Acidente” do avião da Gol com o Legacy cuidou do “resto”

Oacidentecom o avião da Gol, em 2006, atingido por um Legacy pilotado por dois misteriosos e impunes estadunidenses não teria sido um acaso. A bordo e entre as 154 vítimas fatais, cerca de 30 cientistas brasileiros de alta patente. Desgoverno e mídia calam-se, amuados e acovardados, sobre o assunto. Os pilotos do avião dos EEUU saíram ilesos. Coincidência?

O HAARP do Maranhão

O sistema HAARP foi instalado no Brasil logo após a destruição dos experimentos nacionais de fabricação e lançamento de foguetes, sob os auspícios do meliante dedo duro, entreguista fhc, no quintal do ladino mau-caráter sarney de tal.

O sistema instalado aqui completa uma teia capaz de abraçar praticamente todo o globo terrestres. Além dos experimentos como terremotos no Haiti e no Chile, a geringonça assassina também seria a responsável pelos ‘buracos do inferno na Guatemala, quando enormes crateras aparecem repentinamente, do nada. 

O fenômeno repetiu-se em outras partes do mundo, como Sibéria, na Rússia, o Turcomenistão, a Guatemala, a África do Sul, o Canadá ou os Estados Unidos, todos sem uma explicação plausível.

O que ocorre em outros lugares próximos ao HAARP também ocorre no Brasil. Há relatos de perturbações nas frequências eletromagnéticas quando a máquina está ligada e muitos dizem que se pode até ouvir o HAARP funcionando.

Após alguns anos de pesquisas, comprovou-se relação acurada de aumento de frequências nocivas em coincidência com o uso do complexo. No caso do Brasil, isso é ratificado pelo próprio Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais – INPE – o lançamento de raios invisíveis contra a ionosfera no intuito, segundo a versão oficial, de melhorar a recepção de sinais UHF e VHF nas regiões equatoriais. 

https://depatavium.files.wordpress.com/2018/12/f4f45-HAARP2Bdestrui25C325A725C325A3o2Bespa25C325A7o2Btempo2BOKLAHOMA2BMAYO2BMAIO2B2013.jpg?w=497&h=437
Um desses cientistas atua no próprio Maranhão, Fran De Aquino, cujas teses e experimentos científicos podem ser encontradas em seu site. Clique aqui.

Até mesmo cientistas de renome são categóricos nas afirmações de que os EEUU, por meio do HAARP, Teorias da conspiração afirma que as instalações do HAARP no Brasil seriam os responsáveis diretos pelos desarranjos climáticos.

Um desses cientistas atua no próprio Maranhão, Fran De Aquino, cujas teses e experimentos científicos podem ser encontradas em seu site. Clique aqui.

Portanto, não se trata de teorias da conspiração. São experimentos e prática científica conhecidas há quase cem anos, criadas e desenvolvidas por um dos maiores injustiçados da história mundial, Nikolas Tesla. Assassinado e roubado pelos criadores do HAARP, EEUU e suas gangues ocultas.

 

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s