Estrebarias de ensino

Tem até prêmio para quem fabricar maior número de imbecis…

Minas Gerais de azeredo e gangue  orgulhava-se disso

Artigo escrito em 2008

O negócio é o seguinte: dizem por aí que o ensino em Minas Gerais, assim como em todo o Brasil, é um grande negócio. Tanto faz se para o Estado ou se para a iniciativa privada. No fim, só o ensino sai perdendo. E a Nação, como um todo. O resto fatura, e alto, com a imbecilidade geral. É o que consta no que contam… Será mesmo que onde há fumaça há fogo?

O me contaram é o agente transmissor de 99% das notícias do comum, reportagem dos jornais-falados cotidianos, mantidos nas ruas pela força redatorial do anonimato.  E como Voltaire, quando lhe perguntaram o princípio de uma notícia, também respondo: – Não estou bem certo porque me disseram…

https://depatavium.files.wordpress.com/2019/01/99490-0.jpg

E me disseram que essa coisa de não poder reprovar aluno é invencionice que serve de pano de fundo para alguns milhões que chegam do exterior, em troca de um suspeitíssimo prêmio que, no caso de Minas, o Estado recebeu – em colusão de governo anterior -, e continua recebendo, pela qualidade (?) de seu ensino (?) público.

Como no Brasil muitos agem como a mais reles prostituta, qualquer coisa por dinheiro, se compromete todo o futuro, e o presente também, por algumas tintilantes moedas. E o Brasil do futuro, como já disseram, será o país dos chipanzés. “Chipanzés governarão o País, se já não o fazem agora…”.

Aliás, não é de se estranhar essa coisa de animais no ensino. Afinal, as primeiras escolas, lá no antigo antiquíssimo Egito, eram chamadas exatamente assim, “Estrebarias de Ensino”. Como se vê, após tantos séculos, continuamos os mesmos. Ou piores, com certeza. E teve ainda a Revolução dos Bichos, de George Orwel, que não nos deixa enganar.

E se alguém duvida e acha exagero chamar estrebarias, basta conversar com qualquer adestrador ou professor, de escola pública e se informar sobre os horrores da profissão.

Original em novembro 2, 2008 às 12:56 pm

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s